Prefeitura estuda abertura de novo restaurante popular

Novo ponto deverá ser instalado na Zona Norte, entre os bairros Anair, Fátima e Nova Cachoeirinha.

Atendendo a pedidos das comunidades com maior risco social, na sexta-feira, dia 15, o prefeito Cristian Wasem solicitou ao secretário Eder Silva, da Assistência Social, Cidadania e Habitação, que desse início a um estudo de viabilidade e valores de investimento e de manutenção de um novo restaurante popular na Zona Norte da cidade, onde possivelmente ficará nas proximidades de um CRAS, entre os bairros Anair, Fátima e Nova Cachoeirinha.


Segundo dados da ONG Ação pela Cidadania, em pouco mais de um ano, houve um aumentou em mais de 14 milhões no número de pessoas que estão passando fome no Brasil, chegando aos mais de 33 milhões de famintos. Apesar do aumento da insegurança alimentar da população, Cachoeirinha é uma das poucas cidades da Região Metropolitana que ainda conta com este serviço.


Para o prefeito, a iniciativa é mais do que um serviço da Prefeitura, é uma necessidade para atender a diversas pessoas que estão passando fome: "todos os dias temos uma alta demanda de idosos, pais e mães de família que buscam os CRAS em busca de alimento. Caso seja possível, conforme a realidade orçamentária da Prefeitura, vamos aumentar o combate à fome na nossa cidade”.


Atualmente, a Prefeitura oferece, em média, 100 refeições por dia, ao custo de apenas R$ 1 através do Restaurante Popular. Em determinados casos há, inclusive, isenção do pagamento, conforme avaliação da assistente social.


O Restaurante Popular de Cachoeirinha está localizado na rua Imbuí, parada 51.

Zona Norte poderá ter restaurante popular com prato a R$ 1


5 visualizações0 comentário