Prefeitura consegue prorrogar contrato junto à Caixa relativo às obras não concluídas no loteamento

São 333 casas no loteamento Chico Mendes e o projeto inicial abrangia um valor de cerca de R$ 20 milhões, que deverá ser atualizado. A Prefeitura de Cachoeirinha conseguiu prorrogar, para o final deste ano, o contrato junto à Caixa relativo às obras não concluídas no loteamento Chico Mendes. O pagamento por parte do município, que deveria ocorrer nesta semana, foi suspenso. O secretário de Planejamento e Captação de Recursos, Edison Cordeiro; o diretor de Captação de Recursos, Vitor Hugo Medeiros; e a vereadora Sandra Regina estiveram em Brasília na última semana para viabilizar o ajuste com a Caixa e o Ministério do Desenvolvimento Regional.



São 333 casas no loteamento Chico Mendes e o projeto inicial abrangia um valor de cerca de R$ 20 milhões, que deverá ser atualizado. “Precisamos concluir o projeto, com alterações. Mas objetivo principal foi alcançado, que era a moradia para as pessoas”, afirma o titular da pasta.

A retomada das obras inclui a construção da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Chico Mendes, já licitada e aguardando a ordem de serviço. O município, através da Secretaria de Assistência Social, Cidadania e Habitação, tem o prazo de 60 dias para fazer um levantamento social das famílias que residem no loteamento Chico Mendes, bem como um laudo técnico, emitido pela Secretaria de Planejamento e Captação de Recursos, das ruas, esgoto, casas e outros itens.

0 visualização0 comentário