Ponto de Vista | Juliano Paz - Estreia como colunista no Jornal de Cachoeirinha

Iniciar em um projeto com a tradição do Jornal de Cachoeirinha, ainda mais a partir da sua retomada pelo talentosíssimo e brilhante amigo André Boeira, é um desafio extraordinário. André é um daqueles profissionais que se destaca em tudo o que faz. E tem uma facilidade imensa em cativar as pessoas à sua volta, quer concordem ou não com suas opiniões.

E, também por isso, não me poderia propor um nome muito diferente para estas colunas que passo a escrever: Ponto de Vista. De fato, tudo o que temos de opiniões, ideias, convicções, crenças e percepções não são mais do que isso: o olhar a partir de um ponto determinado. Um ponto de vista é a vista do ponto em que nos encontramos. Portanto, uma característica facilmente encontrada nas pessoas inteligentes é a capacidade de compreender aquilo que ela pensa como algo que não tem obrigação de ser aceito como verdade absoluta por nenhuma outra pessoa. O respeito a outros pontos de vista é o mínimo que se pode esperar de seres racionais. Especialmente, de quem se atreve a publicar o que pensa.


E há uma riqueza inestimável em adentrar nessa troca de reflexões, nessa partilha de olhares diversos. É ter o luxo de se conhecer o ponto de vista de um ponto em que não estamos, mas que outra pessoa permitiu-se dividir, sem nos dar o trabalho de ir até lá. Importante é sabermos que aquele ponto não nos obriga, nem nos proíbe, a concordar. Mas nos desafia a pensar.


O que pretendo, então, é algo que gosto muito: propor bons debates e provocar nossa condição de raciocinar. Sem pretensão alguma de convencer alguém, sem impedimento algum de ser convencido do contrário. Mas assegurando que convergências e divergências sempre se deem no ambiente fraterno e de tolerância. Aliás, a falta disso é daquelas coisas que devem causar vergonha em nos autointitularmos a única espécie racional. Mas isso, por óbvio, é mais um ponto de vista.


Gratidão pelas vezes em que nos encontraremos por aqui, também!


Nestas colunas, vou atrever-me a dar alguns pitacos sobre política, obviamente; mas, também, sobre outros assuntos que me são caros: saúde, religião, Direito, notícias relevantes e acontecimentos que mereçam fazer refletir e debater. Claro que todas as sugestões serão observadas com carinho!

87 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo