FISCALIZAÇÃO: Procon Cachoeirinha notifica postos de combustível

Na cidade, a pesquisa de preço nos estabelecimentos é realizada regularmente.


O Procon de Cachoeirinha realizou nesta terça-feira, 19, mais uma pesquisa de preços nos postos de combustível da cidade. As pesquisas anteriores foram realizadas nos dias 27 de junho e 6 de julho. O preço médio constatado após a redução de ICMS, que no Estado foi de 25% para 17%, é de R$ 5,78 para a gasolina comum e R$ 5,88 para a gasolina aditivada. No período de 27 de junho a 19 de julho, a redução média para o produto foi de 14,24% para comum e 14,41% da aditivada, uma redução, em média, de R$ 0,96 da comum e R$ 0,99 da aditivada. Nesta terça, o menor preço da gasolina comum encontrado foi de R$ 5,56 e o mais alto foi de R$ 5,98. Já os da aditivada variavam entre R$ 5,66 e R$ 6,19.


Com relação ao Decreto Federal 11.121/2022, que determinou a exibição dos preços praticados antes da redução do ICMS, o Procon verificou que, entre ontem e hoje, dos 23 postos revendedores abertos (um está fechado), cinco estavam sem a placa conforme o decreto. “Eles foram então notificados para cumprirem as determinações no prazo de 72 horas, sendo orientados que a forma da placa/cartaz informativo é possível buscar no site da SULPETRO. Alguns deles já confeccionaram o informativo no ato mesmo ou durante o dia, de modo que se estima que, ainda nessa semana, estarão todos em conformidade. Os que não estiverem após as 72 horas, serão autuados”, explicou o diretor do Procon Fábio Preto.


Denúncias ou questionamentos podem ser enviados ao Procon Cachoeirinha pelo e-mail procon@cachoeirinha.rs.gov.br ou através dos telefones 3471.2835 e 3439.1036.

Nesta terça, o menor preço da gasolina comum encontrado foi de R$ 5,56

42 visualizações0 comentário