Fundesp oferece recurso aos atletas de Cachoeirinha para competições

Atualizado: 13 de jul.


No dia 13 de junho, o prefeito Cristian Wasem, acompanhado do secretário de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Ildo Júnior, se reuniram com quatro atletas que foram beneficiados pelo FUNDESP, que se trata de um recurso para os esportistas representarem o município de Cachoeirinha. Com este auxílio, os mesmos pagam a passagem entre outros custos.

Você conhece o FUNDESP?

O recurso do Fundo Municipal do Desporto (FUNDESP) cujo objetivo é o de estimular, desenvolver e fomentar a prática de esporte de rendimento. O benefício concedido tem a finalidade de auxiliar nas despesas alimentícias, hospedagem e deslocamento de atletas para competições municipais, estaduais, nacionais e internacionais e pré e pós-treinos entre outros e vestuário em geral.

O recurso deve ser solicitado diretamente na Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, sendo necessário levar o documento de identidade do atleta e um portfólio da competição, com um prazo mínimo de 25 dias antes da competição. O setor jurídico e financeiro da secretaria prestará todo o auxílio necessário para os jogadores. O recurso é aberto para todos atletas residentes do município de Cachoeirinha.

Além disso, os beneficiados após receber o recurso, deverão prestar conta até o final do ano. Caso não faça a prestação, entrará em dívida ativa na cidade.

Foto: Vitória Karoline/PMC

FUNDESP: O prefeito Cristian Wasem e o secretário de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Ildo Júnior, receberam os quatro atletas que foram beneficiados.

Conheça os atletas que estiveram presentes na reunião - João Dias, piloto de automobilismo, 21 anos e morador de Cachoeirinha: “meu amor pelo automobilismo se início aos meus 11anos de idade a onde tive meu primeiro contato com o kart e desde então meu amor por esse esporte só cresceu, corri em campeonatos em Farroupilha, velopark e no kartódromo do Beto Carrero. Atualmente corro na Superturismo, campeonato de endurance do Rio Grande do Sul onde fiz minha estreia nos carros de corrida”.

-Kamilly, BJJ1, 14 anos e moradora de Cachoeirinha: “comecei no JiuJitsu em 2018 com 10 anos de idade, e agora tenho 14 anos e sou faixa amarela, comecei em uma equipe fiquei três anos e seis meses, este ano troquei de equipe, hoje estou na equipe Alliance Mario Reis, meu professor é Daniel Martins. Futuramente quero participar de grandes competições fora do Brasil, quero ser uma black belt e fazer faculdade de educação física, dar aulas de Jiujitsu, ser uma influenciadora de esportes e ter minha própria academia”. Principais títulos:

Campeã Open Santa Catarina 2x Campeã Gaúcha em Nova Prata e Porto Alegre Campeã Estadual Campeã GP de lutas casadas em Gravataí Campeã AJP Internacional em Gramado Campeã Sul Brasileiro em Porto Alegre Vice- campeã Mundial em São Paulo 6x Campeã da Copa Prime Vice campeã de NO GI Campeã do Challenge em Bento Gonçalves Campeã do Desafio Visconte D'itália - Murilo Cardoso Neves, 14 anos, morador de Cachoeirinha: “sou faixa laranja da equipe Alliance Mario Reis. Com 9 anos de idade eu já competia no Judô em grandes eventos e já tinha essa fome de vitórias foi quando comecei a treinar em Camaquã com meu próprio professor de Judô onde com apenas 3 treinos fui para minha primeira competição onde fui finalizado, mas aquilo não me abalou pelo contrário me desafiou a ser um grande atleta. 4 meses depois eu iniciava meu grande ciclo de competições na copa Prime (Federação Gaúcha), onde após 9 etapas me tornei top ranking invicto onde na sequência me tornei por mais 2 anos hoje tenho a marca histórica de39 etapas(algumas não disputei) invicto até hoje na época eu com apenas 10 anos e apoiado pelo então meu professor de jiu-jitsu comecei a vir sozinho para treinar em POA, logo vieram os resultados nos maiores eventos do mundo 2 X brasileiro cbjj, 2X Mundial Cbjje, 1Europeu ibjjf e sou o único gaúcho campeão do Pan Kids Ibjjf o maior evento do mundo onde este ano vou em busca do inédito Bicampeonato. Nunca tive ajuda de verba pública por isso me demonstro entusiasmado com a oportunidade, sempre corri e sempre vou correr atrás dos meus sonhos. Vendi muita rifa, água no sinal, salgados, publicidade entre outros. O sonho não pode parar. Minha família se dividiu para dar asas a meu propósito e meu legado será o preço a pagar”.

- Guilherme Corrêa Pacheco, carateca gaúcho e morador de Cachoeirinha: “iniciei meus treinos em 2016 na Praça da Juventude em um projeto social da Prefeitura de Cachoeirinha, desde então venho me destacando em minha categoria, conquistando inúmeras medalhas, incluindo nacionais. Voltei aos campeonatos depois de dois anos de pandemia com aproveitamento de 100% das competições. Minha meta é ser uma grande revelação do karatê Gaúcho e Brasileiro.

Principais títulos:


19ª Copa Hashiman – Bronze Shiai Kumite

15ª Copa Askab – Ouro Kata, Praia Shiai Kumite

Campeonato Gaúcho – Ouro Shai Kumite, Prata Kata

Classificatória Campeonato Brasileiro (Rondônia) – Ouro Kata, Bronze Shiai Kumite

Campeonato Brasileiro – Bronze Shiai Kumite

22ª Open Uruguai (Maldonado) – Ouro Shiai Kumite, Ouro Kata

20ª Copa Hashiman – Ouro Shiai Kumite, Ouro Kara


3 visualizações0 comentário